MAU HÁLITO? Tem cura.


O mau hálito ou halitose é caracterizado pelo odor desagradável vindo da cavidade bucal durante a respiração ou fala. Geralmente é percebido por outros antes que o próprio portador se de conta.

A halitose pode provocar sérios problemas psicossociais que se refletem em

  • insegurança ao se aproximar da pessoas

  • dificuldade em estabelecer relações amorosas

  • esfriamento do relacionamento entre o casal

  • resistência ao sorriso

  • ansiedade

  • baixo desempenho profissional.

VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS 3 PRINCIPAIS CAUSAS DO MAU HÁLITO?

HALITOSE MATINAL. Acontece porque durante a noite o corpo sofre uma queda dos níveis de açúcar, a redução do fluxo salivar e o aumento significativo de bactérias que excretam produtos mal cheirosos. Esse tipo de mau hálito é comum, esperado e deve desaparecer após a higiene bucal e a primeira refeição do dia.

QUESTÕES FISIOLÓGICAS. Diversas situações e comportamentos do nosso organismo podem resultar num cheiro desagradável na boca. O jejum prolongado ou a ingestão de alimentos que tenham forte odor são um exemplo disso. Doenças como resfriados, diabetes, alterações renais e hepáticas, prisão de ventre acentuada, entre outros, também são causadores de mau hálito.

CONDIÇÃO BUCAL. Sem sombra de dúvida, a causa mais comum da halitose é a higiene oral deficiente e consequentemente a retenção de placa bacteriana e restos de alimentos nos dentes, na língua (saburra lingual) e nas amígdalas. Outras doenças e condições bucais também podem causar halitose severa como cáries, doenças gengivais, próteses mal adaptadas, baixa salivação, fumo, problemas nas vias aéreas e estresse.

É interessante frisar que, ao contrário do que diz a crença popular, os problemas relacionados ao estômago, raramente interferem no hálito.

COMO RESOLVER A HALITOSE?

O tratamento da halitose consiste em avaliar o paciente como um todo, levando em conta aspectos emocionais, assim como realizar um questionário bastante detalhado sobre a saúde médico-odontológica.

Em seguida, é realizado um exame bucal completo, a fim de investigar as condições dos dentes, gengivas, lábios, bochechas, língua, amgídalas e higiene oral do paciente.

Existem métodos complementares que auxiliam no diagnóstico da halitose. Dentre eles estão a sialometria que mede o fluxo salivar do paciente (quanto menor o fluxo salivar, maior propensão a halitose) e a halimetria que mede a quantidade de compostos sulforados voláteis que são responsáveis pelo mau cheiro na boca.

Com todas essas informações na mão, o dentista personalizará o tratamento para eliminar a halitose.

COMO SEMPRE, A PREVENÇÃO É A MELHOR FORMA DE TRATAMENTO

Faça regularmente sessões de controle de placa com a TSB. Em casa, mantenha frequente e caprichosa higiene bucal, utilizando adequadamente escova, creme e fio dental e raspadores de língua.

Apesar de excessivamente valorizados, os bochechos com antisséptico sem álcool contribuem, mesmo que brevemente, para um hálito refrescante.

Ingerir bastante água durante o dia também previne a halitose. E claro, se tiver um encontro ou reunião, evite a ingestão de alimentos com odor forte, como alho e cebola, o consumo de bebidas alcoólicas e cigarros.

Não se prive de uma vida completa e feliz, procure o cirurgião-dentista, acabe com esse mal e sorria com confiança.

#Malhálito #Halitose #Antissépticobucal #Escovaçãodental #Fiodental #Insegurança #Malhálitomatinal #Raspadordelingua #Prevenção #PromoçãodeSaúde

1 visualização

Artesania Studio Oral

Rua Barreto Leme, 2281, B1

Cambuí  | Campinas, SP

13.025-085

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Ícone cinza LinkedIn

Criação e desenvolvimento:

logo endorfina design.png

© 2016-2020 Artesania | Studio Oral . Todos os direitos reservados.

Prezamos pela  qualidade da informação e saúde dental dos nossos pacientes deste 1967. Dr. Felipe Henrique da Silva - Cirurgião Dentista responsável - CRO 71.951 e Dra. Juliana Barbosa CRO 96.697

POLÍTICA DE PRIVACIDADE: Nos esforçamos muito para construir e manter uma relação de confiança com você. Portanto, quando o assunto é o processamento de suas informações, agimos com muito cuidado e sensibilidade, e de forma que a nossa relação de confiança seja preservada. Essa política possibilita que você tenha conhecimento da forma como processamos seus dados, incluindo quais informações coletamos, como usamos e protegemos tais informações