Quando seus dentes vão cair?


Ná última semana, ao atender uma nova paciente da clínica, fui por ela questionado sobre quando iria perder os dentes. A senhora acreditava que depois de uma certa idade seria normal perdê-los.

39 MILHÕES DE BRASILEIROS PERDERAM UM OU MAIS DENTES,

1 EM CADA 5 TEM ENTRE 25 E 44 ANOS (20%).

16 MILHÕES DE BRASILEIROS PERDERAM TODOS OS DENTES,

41,5% ACIMA DE 60 ANOS.

Apesar dos dados acima serem alarmantes, refletem a ausência de cuidado quer seja por escolha própria, quer seja por falta de acesso ao serviço odontológico.

Mesmo após décadas de uso, se cuidados diariamente e acompanhados por um cirurgião-dentista, os dentes devem durar por toda a vida. Exceto, é claro, no caso de traumas que levem à fratura de raízes ou à avulsão do elemento.

Se você quer manter seus dentes durante toda a vida é preciso fazer a coisa certa. Existe uma maneira correta de escovar os dentes e passar o fio dental. Além disso, é fundamental estar sob supervisão de um dentista focado em saúde, que indica e realiza frequentemente sessões de orientação e higienização profissional, além de check-ups clínicos e radiográficos.

Um estudo recente, encomendado pela GSK Consumer Healthcare e realizado no final de 2018 pela Edelman Insights, revelou a dura realidade de quem perdeu um ou mais dentes.

Após ouvir 600 pessoas entre 45 e 70 anos, em quatro países da América Latina, incluindo o Brasil ficou constatado que, além da dificuldade fisiológica da perda de dentes, as relações sociais, a autopercepção, a autoestima e a qualidade de vida são muito impactadas pela perda de dentes.

“Não poder almoçar ou jantar com ninguém que não soubesse do meu caso bucal é um dos piores momentos. Em relação às pessoas, fico escondendo o sorriso. E sou corretor de imóveis, é complicado”, revelou brasileiro de 50 anos, durante a pesquisa.

Confira abaixo o impacto social causado pela ausência de dentes segundo dados do referido estudo de 2018 da GlaxoSmithKline.

Quanto à autopercepção

52% dos participantes disseram que a perda de dentes deixou a aparência do seu rosto pior;

66% consideram que seu sorriso ficou mais feio;

46% se sentem menos atraentes;

34% se sentem menos confiantes em si mesmos;

41% relataram mais dificuldade na pronúncia das palavras após a perda de dentes;

32% concordam que a perda de dentes impede de ter um estilo de vida saudável e ativo;

Quanto ao impacto social e profissional

54% se sentem menos confiantes para sorrir e gargalhar em público;

23% dizem que a perda de dentes os afastou do marido/ esposa;

43% afirmaram que a perda de dentes lhes atrapalha namorar ou paquerar;

21% disseram que a condição lhes impediu de fazer novos amigos;

38% dos entrevistados se sentem inseguros para ir a festas e eventos sociais;

42% dos entrevistados não vivem a vida ao máximo após a perda de dentes;

38% revelam ter menos confiança em sua aparência para ir a uma entrevista de emprego;

#Dentistapertodemim #DentistaemCampinas #DentistaCambuí #Idoso #Odontogeriatria #PerdadedEntes #perderdentes #Dentemole #banguela #Limpezaprofissional #ArtesaniaStudioOral #DrFelipeSilva #DrEdgardDelPasso #DraJulianaBarbosa #TerceiraIdade #Velhice #Envelhecerbem #Dentadura

0 visualização

Artesania Studio Oral

Rua Barreto Leme, 2281, B1

Cambuí  | Campinas, SP

13.025-085

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Ícone cinza LinkedIn

Criação e desenvolvimento:

logo endorfina design.png

© 2016-2020 Artesania | Studio Oral . Todos os direitos reservados.

Prezamos pela  qualidade da informação e saúde dental dos nossos pacientes deste 1967. Dr. Felipe Henrique da Silva - Cirurgião Dentista responsável - CRO 71.951 e Dra. Juliana Barbosa CRO 96.697

POLÍTICA DE PRIVACIDADE: Nos esforçamos muito para construir e manter uma relação de confiança com você. Portanto, quando o assunto é o processamento de suas informações, agimos com muito cuidado e sensibilidade, e de forma que a nossa relação de confiança seja preservada. Essa política possibilita que você tenha conhecimento da forma como processamos seus dados, incluindo quais informações coletamos, como usamos e protegemos tais informações