Cárie pega? 5 maneiras de evitar.


SIM! Lembre-se que a cárie é uma doença causada por bactérias, portanto, infecciosa. É claro que existem fatores que determinam se a doença vai se desenvolver como o tipo e a freqüência de açúcares na dieta, a qualidade e freqüência da higienização, o uso diário do fio dental e a quantidade de saliva da boca.

A saliva é o meio pelo qual as bactérias bucais são transmitidas entre pessoas. Então já da pra imaginar algumas situações de contagio, não é mesmo?

Beijo na boa. Quer seja entre adultos ou nas demonstrações de carinho entre pais e filhos, o beijo na boca permite, alem da troca de amor, o "compartilhamento" de bactérias. Em geral, os adultos com boa higiene e consumo inteligente do açúcar não precisam temer. Mas as crianças que ainda estão formando imunidade e que não tem uma higiene correta correm mais risco de serem colonizadas pelos seu pais e parentes e desenvolverem cavidades.

1. PREVENÇÃO

- evite beijar as crianças na boca

- mantenha a sua higiene e de seu companheiro(a) em dia.

- evite o consumo frequente de açúcar

Assoprar ou provar comida. Assoprar as refeições para esfria-las, ou provar comidas na colher alheia, o que é feito com certa freqüência quando os pais alimentam seus filhos, transmite bactérias através dos perdigotos, gotículas invisíveis de saliva.

2. PREVENÇÃO

- evite assoprar sobre os alimentos

- evite provar comida das crianças

Talheres. Sim, se não forem muito bem higienizados, pode haver contaminação cruzada por esses utensílios.

3. PREVENÇÃO

- evite usar talheres de outras pessoas durante as refeições

- evite tocar a comida de outros com o seu talher

- mantenha bem limpos os talheres

Escova de dentes. Mesmo estando apaixonados, é bom não compartilhar escova de dentes. Guarda-las sem proteção e juntas também fará com que haja contaminação cruzada.

4. PREVENÇÃO

- mantenha a boa higiene bucal diariamente

- Evite porta-escovas do tipo que as mesmas fiquem livres e em contatos entre si.

Falar muito perto. A bactéria E. mutans, causadora de cáries, pode ser transmitida facilmente durante uma conversa muito próxima.

5. PREVENÇÃO

- degluta regularmente a saliva para não expeli-la durante a fala

- mantenha uma distância adequada durante a conversa

LIMPAR PARA PREVINIR

O nível de infecção do hospedeiro determinará o perigo na transmissão da doença cárie, ou seja, uma boca suja tem mais potencial para transmitir cárie. Por isso é importante que todos mantenham a boca limpa, higienizando-a todos os dias com escova, fio dental e dentifrício adequados. Além disso, o controle profissional regular com TSB (Técnica de Saúde bucal) é muito importante.


0 visualização

Artesania Studio Oral

Rua Barreto Leme, 2281, B1

Cambuí  | Campinas, SP

13.025-085

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Ícone cinza LinkedIn

Criação e desenvolvimento:

logo endorfina design.png

© 2016-2020 Artesania | Studio Oral . Todos os direitos reservados.

Prezamos pela  qualidade da informação e saúde dental dos nossos pacientes deste 1967. Dr. Felipe Henrique da Silva - Cirurgião Dentista responsável - CRO 71.951 e Dra. Juliana Barbosa CRO 96.697

POLÍTICA DE PRIVACIDADE: Nos esforçamos muito para construir e manter uma relação de confiança com você. Portanto, quando o assunto é o processamento de suas informações, agimos com muito cuidado e sensibilidade, e de forma que a nossa relação de confiança seja preservada. Essa política possibilita que você tenha conhecimento da forma como processamos seus dados, incluindo quais informações coletamos, como usamos e protegemos tais informações