Restaurações Escuras X Estéticas


As restaurações escuras são uma queixa frequente nos consultórios odontológicos. As pessoas querem um sorriso claro e bonito, mas ouvem muitas opiniões à respeito e ficam indecisas. Os padrões estéticos vem mudando e um sorriso branco, além de natural, é mais bonito, mas vale a investir em restaurações estéticas? SIM!

Restaurações de amálgamas são duráveis. VERDADEIRO

As restaurações de amálgama podem durar décadas. MAS, CUIDADO! Se o tamanho da restauração for igual ou maior a 1/3 do tamanho do dente, você está correndo o risco de sofrer uma fratura do dente e de sua raiz. Leia a seguir.

Restaurações de amálgama podem quebra o dente. VERDADEIRO

Com o passar do tempo o amálgama sofre o que se chama de "expansão tardia". Expandir dentro de uma estrutura rígida pode levar à fratura das paredes dentais e, em alguns casos, até mesmo da raiz com consequente perda do dente. Quanto maior a restauração maior o risco de fratura. Toda semana nos deparamos com casos de ruptura dental por causa de amálgama.

Restaurações de resina são frágeis e ruins. FALSO

As resinas atuais fazem parte de uma geração nanotecnológica. A capacidade de preenchimento e vedação da cavidade pelo material é excelente. A lisura que se consegue ajuda a evitar e retenção de placa bacteriana e cárie. E a resistência das resinas à fratura, desde que a técnica seja bem indicada e executada, é muito alta. Sem mencionar o efeito estético estético.

Pra trocar a restauração escura por uma branca desgasta muito dente. FALSO

A remoção cuidadosa dos amálgamas, não causará dano à estrutura do dente. É claro que pequenos desgastes ocorrerão, mas sem prejuízo algum.

As resinas reforçam a estrutura dental. VERDADEIRO

Por se tratarem de restaurações adesivas as restauração em resinas acabam por melhorar a residência da estrutura dental, o que não ocorre com o amálgama.

Trocar restaurações antigas leva ao tratamento de canal. FALSO

No caso de restaurações muito profundas existe a possibilidade de um dente precisar ter seus canais tratados. Mas, isso ocorre com baixa freqüência. Em sua maior parte, desde que haja conhecimento técnico, habilidade e materiais de ponta, a troca de restaurações não causa lesões na polpa dental e não leva ao tratamento endodôntico alem de ter um aspecto mais limpo e bonito.

Restaurações de amálgama tem mercúrio. VERDADEIRO

Em muitos países como Suécia, Noruega, Dinamarca, Alemanha, Bulgária, Vietnã, Tailândia e Japão o amálgama de prata ja é proibido. Quase todos os países da Europa proibiram o uso desse material que leva mercúrio em sua composição, substância que pode causar danos à saúde e ao meio ambiente. Em Brasília, tramita Projeto de Lei 654/15, do deputado Luiz Nishimori (PR-PR) que quer proibir o uso desse material aqui no Brasil. Não relatos que associem restaurações de amálgama a doenças sistêmicas ou morte, mas os efeitos danosos do mercúrio são bem conhecidos.

Restaurações de resina causam cárie. MENTIRA

Se for bem realizada e polida, você não terá problema com as resinas. As cáries são causadas pelo consumo frequente de açúcar aliado à hábitos deficientes de higiene bucal. Se o paciente manter dieta e higienização adequados, não terá cáries "por causa" da resina. Caso contrário, nem resina nem amálgama resistirão.

Restaurações de resina sempre causam sensibilidade. MENTIRA

As resinas modernas têm excelentes propriedades relacionadas a essa questão. Se executadas conforme a técnica preconizada, as resinas não causam dor. O que pode haver é uma pequena sensibilidade logo após a restauração devido à pequenas contrações do material durante a cura, mas que se extinguirá em alguns dias. No consultório, temos materiais usados para forrar a cavidade que vai receber a resina, evitando assim a sensibilidade.

Todas as restaurações escuras podem ser trocadas por resina. VERDADEIRO

É possível realizar a troca de todas as restaurações escuras. As resinas podem ser aplicadas diretamente no dente na maioria das trocas. Quando as restaurações escuras forem muito grandes ou próteses, provavelmente a nova restauração estética será confeccionada em laboratório para lhe conferir maior resistência. É claro que em alguns casos o risco de problemas é maior e precisam ser bem ponderados.

E AGORA, TROCAR OU NÃO TROCAR?

Depois de esclarecidas as dúvidas mais frequentes, a decisão de trocar as restaurações escuras por brancas deve ser resultado de uma conversa com um dentista capacitado e equilibrado. Deve haver um equilíbrio entre estética e saúde já que sorrir é algo muito importante para autoestima e a saúde geral.

Pontos de vista extremos e fechados à conversa devem ser evitados. Posturas radicais contra-estética como "em time que está ganhando não se mexe" ou a favor de uma estética dissociada de saúde como "o grito da estética" são arriscadas.

#Oúltimogritodaestética #EstéticaDental #Amálgama #Resina #Restauraçõesmetálicas #Restauraçõesestéticas #COP #DrFelipeSilva #DentistaemCampinas #DentistaCambuí

1 visualização

Artesania Studio Oral

Rua Barreto Leme, 2281, B1

Cambuí  | Campinas, SP

13.025-085

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Ícone cinza LinkedIn

Criação e desenvolvimento:

logo endorfina design.png

© 2016-2020 Artesania | Studio Oral . Todos os direitos reservados.

Prezamos pela  qualidade da informação e saúde dental dos nossos pacientes deste 1967. Dr. Felipe Henrique da Silva - Cirurgião Dentista responsável - CRO 71.951 e Dra. Juliana Barbosa CRO 96.697

POLÍTICA DE PRIVACIDADE: Nos esforçamos muito para construir e manter uma relação de confiança com você. Portanto, quando o assunto é o processamento de suas informações, agimos com muito cuidado e sensibilidade, e de forma que a nossa relação de confiança seja preservada. Essa política possibilita que você tenha conhecimento da forma como processamos seus dados, incluindo quais informações coletamos, como usamos e protegemos tais informações