Intoxicação por mercúrio odontológico


Os biomateriais odontológicos evoluíram muito nas duas últimas décadas. Propriedades como durabilidade, resistência à fratura, manutenção da estética e lisura foram exaustivamente desenvolvidas a ponto dos materiais se comportarem com excelência frente ao desafio bucal.

Isso significa que o medo das resinas e a história de que esse material não durava nem era bom não se justificam mais na hora de eliminar as velhas restaurações de amálgama.

Na foto abaixo, resinas nanotecnológicas lançadas agora em fevereiro de 2018 e adquiridas pelo Artesania Studio Oral.

O amálgama teve um papel importante na história da odontologia. Entretanto, quase metade de sua composição é de mercúrio, um metal pesado prejudicial à saúde humana.

Países como a Dinamarca, Suécia e Alemanha proibiram o uso odontológico do amálgama. Aqui no Artesania Studio Oral não empregamos a liga há mais de quinze anos.

Se você tem amálgamas em seus dentes é possível encontrar mercúrio odontológico em seus cabelos e urina. Dentre outros sistemas e orgãos, o mercúrio pode afetar gravemente rins, sistema nervoso, coração, pulmão e fígado.

Veja na foto abaixo como o amálgama sofreu desgastes. Todo esse metal pesado foi deglutido e incorporado ao sistema.

E não para por ai, o mercúrio também tem sido associado à doenças degenerativas graves como Alzheimer, Parkinson, esclerose múltipla, doenças do colágeno, bem como enxaqueca, doenças endócrinas, e um grande número de alterações como zumbidos, eczemas, dores de cabeça.

Além disso, estaurações antigas e grandes de amálgama geram trincas na estrutura dental, levando, com o tempo, à fraturas na coroa e nas raízes, nesse ultimo caso, exigindo a extração do dente.

A equipe do Artesania Studio Oral recomenda a substituição das restaurações em amálgama por materiais modernos e livres de mercúrio. Agende sua consulta e livre-se do mercúrio de sua boca.

#DrFelipeSilva #Artesania #ArtesaniaStudioOral #DentistaCampinas #DentistaCambuí #DraJulianaBarbosa #DrEdgardDelPasso #Amálgama #AmálgamaXresina #Intoxicação #Mercúrio #Trocarrestaurações

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo